PORTAL DO GOVERNO | FALE CONOSCO

ACESSIBILIDADE

 
 
Mapa do Site        
 


Principal > Portal de Notícias

GOVERNADOR AMAZONINO MENDES EMPOSSA NOVO TITULAR DA SEPLANCTI

O governador Amazonino Mendes empossou, nesta quarta-feira (24/01), o novo chefe da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), o pós-doutor em geologia, pesquisador reconhecido internacionalmente, João Prestes Schneider, que assume o lugar de Alfredo Paes, que acumulava a pasta e a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). Também foi empossado hoje o diretor-presidente do Procon Amazonas, Paulo Radin.

 Amazonino afirmou que o planejamento e a área de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) são vitais para o desenvolvimento do estado. Ele lamentou o fato de o Estado ainda não ter, por exemplo, uma política voltada à exploração sustentável dos recursos naturais.

 “É inadmissível como um estado como o Amazonas, com uma riqueza mineral gigantesca, não tenha uma política mineral. Para tanto, nós estamos nos socorrendo de um dos maiores expoentes do setor, de toda a nação brasileira, o doutor Schneider. Um homem muito conhecido na área, no setor e de certo vai nos dar a primeira arrancada desse projeto ambicioso”, afirmou o governador.

 Durante a posse, na sede do Governo do Estado, na zona oeste de Manaus, o governador destacou também que o novo chefe da Seplancti vai trabalhar no desenvolvimento de alternativas econômicas em todos os setores pertinentes à pasta. “E também vai procurar alternativas econômicas para o nosso estado, com economia autossustentável. Isso é fundamental. Queremos crer que este gesto que, sobretudo, prepara o Amazonas para o futuro, é um gesto que muito orgulhará o governo frente aos anos vindouros", destacou Amazonino. 

Recursos Minerais – De acordo com João Schneider, o Amazonas, por sua extensão territorial e peculiaridades geográficas e ambientais, é rico em recursos naturais que precisam ser inseridos na atividade econômica do estado. “E aí já entra o setor mineral, onde o Amazonas já dispõe de duas reservas de classe mundial, a reserva de nióbio, em São Gabriel da Cachoeira, e de estanho, em Presidente Figueiredo. Isso já é uma realidade. E devido à extensão territorial, o potencial geológico do estado é quase que infinito”, comentou o pesquisador, que é referência mundial no setor, informando que o Amazonas ainda carece de exploração mineral.

 “Já existe ocorrência de tantalita (mineral formado por nióbio e tântalo). Existem jazidas de potássio na região de Autazes e Nova Olinda que ainda não estão sendo exploradas, infelizmente. E a secretaria vai agir para fazer o meio de campo com essas empresas, que detêm esses depósitos para conhecer como é a programação deles em termos de produção, de tributação, para a gente planejar a arrecadação do estado de recursos minerais desses bens já conhecidos”, completou.

 O novo secretário da Seplancti ressaltou que vai buscar aproximar o estado dos países fronteiriços, como Peru e Colômbia, para relações comerciais e culturais. “Há atividade econômica na região de fronteira. O Amazonas tem mais de três mil quilômetros de fronteira com Peru, Colômbia e Venezuela. Mas não existe relação cultural e econômica com esses três países. Então, isso é algo que tem de ser quebrado. O estado vai procurar aproximação maior com esses três países”, frisou Schneider, que é considerado um dos maiores conhecedores da realidade amazônica.

 Procon – Ainda nesta quarta-feira, o governador Amazonino Mendes empossou o diretor-presidente do Procon Amazonas, Paulo Radin. “Nós temos um novo Procon confiável, sério, competente, desenvolto e com autonomia. Um órgão que não depende mais de terceiros para produzir seus efeitos”, destacou o governador.

 Paulo Radin informou que, por determinação de Amazonino, o órgão estadual ganhará celeridade e eficiência no atendimento à população.

“A alteração fundamental agora promovida pelo governador Amazonino Mendes vem no intuito de melhorar, de dar mais agilidade às ações promovidas, propostas e de obrigação do Procon. O órgão agora com autonomia fica mais ágil para as tratativas com os demais órgãos necessários à proteção, orientação e defesa do consumidor”, afirmou.

 Segundo o diretor-presidente do Procon Amazonas, o órgão terá mais agilidade em promover ações que atendam a população que necessita de orientação, proteção e de defesa em questões que envolvem relação aos excessos praticados nas relações de consumo.

 

25/01/2018

 









Secretaria de Estado da Fazenda
Av André Araújo, 150 - Aleixo - CEP: 69060-000
Fone: 2121-1600
© 2014 - Governo do Estado do Amazonas