PORTAL DO GOVERNO | FALE CONOSCO

ACESSIBILIDADE

 
 
Mapa do Site        
 


Principal > Portal de Notícias

GOVERNADOR E SECRETÁRIO DE FAZENDA PRESTIGIAM POSSE DO SINDIFISCO

A posse solene da nova Diretoria Executiva e do novo Conselho Fiscal do Sindicato dos Auditores Fiscais de tributos Estaduais do Amazonas (Sindifisco-AM) ocorrida nesta terça-feira, 30 de janeiro, no auditório da Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz/AM) contou com a participação do governador, Amazonino Mendes, do secretário de Estado da Fazenda, Alfredo Paes, do secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra, do presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), Charles Alcântara, de representantes de instituições parceiras, empresários e funcionários da Sefaz/AM.


O secretário de Fazenda abriu o evento destacando que a união e empenho dos auditores fiscais e técnicos, que vestiram a camisa e estão arrumando a casa, permitiu a intensificação do controle dos gastos, aumento real da arrecadação e liquidação de despesas que vinham sendo postergadas há muito tempo, o que coloca o Estado numa posição privilegiada em relação as demais unidades da federação.


“O Brasil fechou o ano de 2017 com déficit de R$ 124 bilhões. Em outubro do ano passado, o Amazonas apresentava resultado primário negativo da ordem de R$ 200 milhões. Com esforço dos auditores e técnicos, conseguimos encerrar o exercício, positivamente, com R$ 600 milhões. Em março de 2018, devemos sair do limite prudencial e prospectamos uma elevação gradual da arrecadação. O Estado do Amazonas para suprir os custos deve apurar de receita tributária mensal cerca de R$ 700 milhões, mas tem potencial para arrecadar entre R$ 900 e R$ 950 milhões/mês desde que gestores e funcionários púbicos se empenhem em discutir suas despesas e cortas os gastos excessivos. Pretendemos fechar 2018 mais equilibrados do que em 2017”, destacou o secretário de Fazenda, Alfredo Paes.


O presidente do Sindifisco-AM para o biênio 2018/2019, Roberto Geraldo, garantiu apoio da categoria ao governo para o alcance da meta expressa na Lei Orçamentária de 2018, que é de R$ 8 bilhões, com incremento do ICMS de R$ 1,5 bilhões. “Queremos, senhor governador, propor a reedição da tão bem sucedida parceria entre o fisco e o seu governo, já realizada em suas administrações anteriores”, enfatizou o presidente do Sindifisco-AM.


O governador Amazonino Mendes agradeceu o empenho da equipe da Sefaz/AM, em especial do secretário de Fazenda, Alfredo Paes, para promover o equilíbrio das contas a partir da eliminação do “fantasma” que aterrorizou a equipe do governo nos primeiros meses de gestão. “Em nós pairava o fantasma da dúvida. Será que seríamos capazes de em tempo razoável conseguir o equilíbrio, que era fundamental??? O fato de termos dobrado o ano com superávit é uma notícia extremamente alvissareira, mas ainda temos terríveis fantasmas a enfrentar. Sabemos que fizeram muitas contas. Nós termos perto de R$ 1 bilhão de gastos informais que eram pagos com a forma viciosa chamada de pagamento indenizatório. Nós vamos ter de enfrentar porque os prestadores, fornecedores irão nos pressionar. Vamos retornar a uma ação fiscal mais séria, mais técnica com a mesma equipe de antes, que tem amor a causa pública. Aqui, nesta secretaria, está o ponto de partida para resolver os problemas da saúde, da educação, da segurança, por causa disso, farei o possível e o impossível para melhorar a remuneração de vocês, fazendários”, finalizou o governador, Amazonino Mendes, sendo aplaudido intensamente pelos presentes.

01/02/2018

 









Secretaria de Estado da Fazenda
Av André Araújo, 150 - Aleixo - CEP: 69060-000
Fone: 2121-1600
© 2014 - Governo do Estado do Amazonas